A sua empresa também pode ser inovadora!

 
 

 A inovação sempre fez parte do universo das grandes organizações, enquanto nas pequenas e médias empresas sempre foi utilizada de forma discreta, em momentos específicos, através da compra e aquisição de novos maquinários, criação de um novo produto ou mesmo aquisição de uma nova tecnologia.

 Pequenas ações com o propósito de gerar inovação eram colocadas em prática em um determinado momento do ano, definida com base na opinião dos empreendedores, sócios ou principais lideranças e com base nos lucros do ano anterior.

 Depois deste “flash” de inovação tudo voltava ao “normal” e mais um ano se passava para que uma nova inovação ou melhor, uma nova aquisição fosse realizada.

 Esta forma de inovar utilizada pelas pequenas e médias empresas, durante bastante tempo funcionou muito bem, muitas organizações cresceram e se tornaram referência no mercado seguindo esta estratégia.

 Só que os tempos mudaram, não é mais possível continuar agindo desta forma, empreendedores e líderes não podem continuar enxergando a inovação como algo pontual, o empreendedor que continuar olhando para a inovação desta forma será atropelado por empresas mais jovens, recém-chegadas, que estão nascendo a todo momento em todas as áreas de atuação.

 A prova de tudo isso está nas startups e o quanto elas estão mexendo com o mercado das grandes empresas, exatamente por conseguir "respirar" inovação. E se as startups têm o poder de abalar grandes organizações o que elas podem fazer com os negócios de pequeno e médio porte?

 O meu papel aqui não é somente o de alertar, mas sim de apoiar você a ir mais além com o seu negócio.

 E para que isso seja possível é importante começar mudando a nossa perspectiva sobre o assunto:

 O que não é inovação:

  • Inventar a roda, ou seja, criar algo extremamente inusitado que ninguém havia pensado antes;

  • Inovação não é comprar maquinários, equipamentos ou adquirir uma nova tecnologia e achar que isso é suficiente;

  • Inovação não é uma atitude do empreendedor que acontece em um determinado momento do ano como uma ação isolada;

  • Inovação não é necessariamente sinônimo de grandes investimentos;

  • Inovação não tem relação direta com complexidade;

  • Inovação não é responsabilidade somente de uma pessoa;

  • Inovação não é somente para grandes empresas;

 O que é inovação:

  • Inovar é aprimorar e melhorar a roda, ou seja, é olhar por uma outra perspectiva e se questionar como aquilo pode ser feito de uma forma melhor e mais eficiente;

  • Inovar é encontrar soluções para problemas reais;

  • Inovação deve fazer parte da cultura da empresa, estar incorporada no seu DNA, na forma das pessoas pensarem e agirem;

  • Inovação é toda hora, todo dia, o tempo todo;

  • Inovação é sinônimo de resultado;

  • Inovação é responsabilidade de todos que estão envolvidos com a empresa;

  • Inovação é para todos os negócios independentemente do tamanho, formato, área de atuação e número de colaboradores. 

  Abaixo tem algumas dicas de como construir ambientes que favoreçam a inovação?

5.png

Para empreendedores ávidos por conhecimento, que buscam aprender e reaprender todos os dias: cadastre-se e receba nossos informativos digitais com conteúdos relevantes para apoiar você a cuidar do futuro do seu negócio.

CLIQUE AQUI! 

Quer trazer a Cultura da Inovação para o seu negócio? Acesse: Jornada de Criação de Valor para o Cliente - Inovação 

#institutomudita #mudita #paixaoporempreender #luanapace #inovacao #consultoriapequenasemediasempresas #criacaodevalorparacliente #culturadainovacao